DORES MUSCULARES: não deixe o seu cão sofrendo


Uma vez que todos concordamos que cachorros também sentem dores, a dor muscular é uma das mais comuns. Quanto maior o cachorro, mais propenso a dores musculares, embora este problema atinja a todos de forma praticamente geral.

Dores musculares agudas (cujos sintomas podem ser gemidos, manqueira, dificuldade de se levantar ou deitar, tremores nas patas) podem ser tratadas imediatamente com cápsulas de "Piroxicam". A dose de Piroxicam para cães é de 0,3 mg por quilo. Ou seja, para um cão de 50 kg, por exemplo, aplicar 15 mg. Já para um cão de 80 kg, aplicar 24 mg.

Comprimidos de Piroxicam encontrados nas farmácias comuns têm 20 ou 40 mg. Use o que mais se aproximar. Isto alivia os sintomas das dores, mas uma avaliação mais detalhada deve ser feita por um veterinário.

Outro medicamento facilmente encontrado em farmácias comuns é o "Meloxicam", que tem a vantagem de atacar menos o estômago. Neste caso, use 01 comprimido de 15mg de Meloxicam para cães grandes, ou metade da dose (parta o comprimido ao meio) para cães pequenos.

Sempre é aconselhável proteger o estômago do cão antes de ministrar este tipo de comprimido. Portanto, alguns minutos antes de dar o Piroxicam ou o Meloxicam, dê um comprimido de Omeprazol para seu amigo. Isso evita enjôos e vômitos.

O tratamento com estes remédios não deve ser interrompido antes de 3 a 5 dias. Portanto, uma dose de Omeprazol pela manhã, e uma dose de Piroxicam ou Meloxicam logo em seguida, por 3 a 5 dias, resolve a grande maioria dos problemas musculares agudos.

Caso não resolva, não deixe o seu cão sofrendo. Leve-o ao veterinário imediatamente, pois determinadas dores podem ser o aviso de problemas mais graves.

No inverno, a incidência de dores musculares aumenta. Qualquer torção, batida ou movimento muito brusco pode causar uma dor muscular, que se estenderá por vários dias. Assim, tenha maior cuidado no inverno.

Evite que cães de tamanhos muito diferentes brinquem juntos. É muito fácil para um Fila desconjuntar um pequeno "Salsichinha" em brincadeiras. Tenha cuidado.




Bibliografia recomendada:



Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações diretamente:
Dicas de cuidados          :          Plantas medicinais        :          Artigos          :        Doenças        :        Adoções        :          Contate-nos
• ©2012www.NossosAmigos.com.br •
Nosso eterno mascote 'Peludo'
Atelier Crisfios